Plantão Encontrei na Rede: Julgamento do Recurso 11/11

Fiquem atualizando esta página que iremos atualizando vocês por aqui

19. Encerrando este canal. Fiquem ligados ao www.encontreinarede.com/noticias e fiquem sempre informados.

18. Dia 14 temos Carlos Costa e toda a equipe de Advogados no Acre para tentar liberar a empresa, vamos aguardar.

17. Mais informações em instantes. 

16. Shawke Lira: O Agravo de hoje foi julgado improcedente. Nossas esperanças estarão no dia 14 como eu disse antes. Vamos que vamos.

15. Samuel Evangelista está lendo a decisão agora.

14. Confirmado: Começou

13. Segundo Dr Wilson Roberto vai começar agora o julgamento do agravo. Jajá teremos um resultado

12. Também estamos anciosos, vamos aguardar só mais um pouco.

11. Segundo Dr Wilson Roberto, nosso julgamento ainda não começou, lembrando que o nosso é o 11º.

10. Clique na imagem abaixo para ampliar

9. Segundo alguns advogados, essa demora é algo positivo, pois deixa subentendido que algo está sendo de fato analisado e não apenas negado de cara.

8. Tudo silencioso no TJAC. Estamos aguardando a decisão a qualquer momento.

7. A sessão teve início às 9 horas, na Sala de Sessões das Câmaras Cíveis, no Tribunal de Justiça do Estado do Acre, localizado na Rua Tribunal de Justiça, s/n, Via Verde, em Rio Branco. Vale lembrar que nosso processo é o 11º na fila de julgamento.

6. O recurso que está sendo julgando é esse aqui: Clique aqui e confira

5. Não existe transmissão ao vivo (vídeo), temos que aguardar nossa equipe lá no Acre e nos atualizando por aqui mesmo.

4. Vale lembrar que esse é o julgamento do recurso da Lívia Wanzeler, no dia 14 será a audiência de conciliação com a presença de Carlos Costa.

3. Nosso julgamento é o 11º na fila para julgamento pelos desembargadores. 

2. Shawke Lira: A contagem regressiva é para o dia 14 amigos. Acredito que os desembargadores vão deixar que a própria juíza decida na audiência.

1. Começou o julgamento do recurso impetrado pela Livia Wanzeler.



Voltar

Comentários

comments powered by Disqus